domingo, 4 de janeiro de 2015

Modalidade de apoio combinado

A modalidade SPRINT da Fapesp é adequada para promover uma colaboração inicial com uma universidade estrangeira na forma de viagens e estadias de pesquisadores no país colega para desenvolver e consolidar um plano de pesquisa conjunto (item 10-A). Exatamente o que já fizemos em março e em dezembro últimos com a Cátedra UNESCO CUPEUM.

Esse apoio é inicial (chama-se "seed funding", ver item 1.2-A) é oferecido exclusivamente a pesquisadores responsáveis por auxílios Fapesp vigentes (item 4.1), o que não é neste momento o nosso caso. Temos um auxílio Mack-Pesquisa vigente, mas não um Fapesp.

Quando tivermos um auxílio Fapesp vigindo poderemos então solicitar um SPRINT (uma sobreposição de auxílios, o que é muito interessante) para desenvolver uma nova pesquisa (desdobramento da primeira) em colaboração com a CUPEUM. Note-se que a Fapesp exige sempre contrapartida de igual valor da universidade parceira estrangeira.

Boa perspectiva para levar em consideração no médio prazo, na nossa colaboração com CUPEUM, a qual se fortaleceu neste mês de dezembro, a partir do trabalho conjunto com vistas ao WAT_UNESCO Tiquatira.

Veja aqui a descrição do SPRINT FAPESP

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

TERRITÓRIO 1

Complexo Tiquatira, embaixo do Viaduto Cangaíba, moradia em situação de vulnerabilidade.

Apresentação / Blog, Grupo, Pesquisa, Parceria, Apoio

Este blog foi criado pelo Grupo de Pesquisa QUESTÕES URBANAS: DESIGN, ARQUITETURA, PLANEJAMENTO, PAISAGEM, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, e pela Cátedra UNESCO para Paisagem e Ambiente da Universidade de Montréal (CUPEUM), com o objetivo de difundir e registrar o andamento da pesquisa “Parque Linear do Tiquatira: um estudo sobre desenho urbano e participação dos atores sociais locais à luz do Plano Diretor Estratégico da Cidade de São Paulo (2014-2030)”, com apoio financeiro no biênio 2015-2017 do Fundo Mackenzie de Pesquisa, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, assim como as oficinas de desenho urbano (WAT) a se realizarem em maio de 2015, no âmbito desta pesquisa.

O objetivo geral do estudo é estabelecer cenários projetuais (hipóteses) viáveis para as intervenções urbanas decorrentes do Plano Diretor Estratégico da cidade de São Paulo para a região no entorno do Parque Linear do Tiquatira, na Sub-prefeitura da Penha, zona leste da cidade de São Paulo, a partir da combinação entre:

  1. os instrumentos estabelecidos na lei 
  2. as demandas da população 
  3. a história urbanística, social, econômica e cultural do território, suas condições ecossistêmicas e suas preexistências 

Em sua primeira fase, de janeiro a maio de 2015, a pesquisa deverá preparar diagnósticos do território, de acordo com as diretrizes acima, como material básico para a realização das oficinas WAT_UNESCO TIQUATIRA (Workshop/Atelier Terrain) que reunirão, em São Paulo, de 4 a 16 de maio, alunos, pesquisadores e professores de diversas universidades participantes da rede CUPEUM.

As fases seguintes dizem respeito à participação dos pesquisadores na discussão da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo, a ser feita ao longo de 2015, em paralelo com a elaboração dos Planos Regionais Estratégicos das Sub-prefeituras, quando as propostas das oficinas WAT realizadas em maio serão apresentadas como contribuição às discussões para a região da Penha e, em particular, as áreas estudadas na pesquisa, mostradas no mapa a seguir: